Google+

sábado, maio 31, 2014

Problemas ?!

Sinal Verde - Pelo Espírito André Luiz
Francisco Cândido Xavier
Nossa gratidão aos caros amigos de:
www. autoresespiritasclassicos.com

Requentar...mágoas ?


Sinal Verde - Pelo Espírito André Luiz
Francisco Cândido Xavier
Nossa gratidão aos caros amigos de:
www. autoresespiritasclassicos.com

Rogativa...

Extremismo religioso: uma triste realidade, pois... "Na Casa do Pai existem muitas moradas"


EXTREMISMO RELIGIOSO PELO MUNDO
Intolerância religiosa, eis aí um gravíssimo nódulo cancerígeno do mundo contemporâneo. Esta semana, ao chegar a Israel, o papa Francisco expressou sua "profunda dor" pelo atentado contra o Museu Judaico de Bruxelas, que causou a morte de quatro pessoas, entre elas dois israelenses. Historicamente, os judeus tornaram-se alvo preferencial de perseguição religiosa ainda antes do fim do Império Romano, mas esta recrudesceu durante a Idade Média. A perseguição religiosa (ao judaísmo) atingiu níveis nunca vistos antes na História durante o século XX, quando os nazistas perseguiram milhões de judeus e outras etnias indesejadas pelo regime.
O fanatismo religioso é marcado pela aversão a diferenças de crenças, resultando em perseguição à liberdade de credo e pluralismo religioso. Ódios que podem levar a prisões ilegais, espancamentos, sequestros, torturas, execução injustificada, negação de benefícios e de direitos e liberdades civis. Como ocorre na Nigéria, onde a maioria das pessoas do norte é muçulmana, "mas nem todas interpretam o Corão da mesma forma que o grupo extremista nigeriano Boko Haram. Em face desse radicalismo, muitos muçulmanos estão sendo convertidos ao Cristianismo.
Por causa da conversão dos muçulmanos ao Cristianismo, o Boko Haram começou atacar as igrejas cristãs porque estavam perdendo seguidores. Recentemente, milhares de pessoas foram assassinadas pelo grupo extremista. Sua ação mais notória ocorreu em 14 de abril de 2014, quando sequestrou 223 meninas e adolescentes no nordeste da Nigéria, onde o grupo é baseado. Nos últimos dois meses, o Boko Haram intensificou a sua campanha para transformar a Nigéria num estado islâmico que tem como principais alvos os civis.
Estudiosos afirmam que a rápida expansão do cristianismo e do Islã na África se deve, em grande parte, ao sentido religioso, ao respeito e à tolerância inerentes à cultura tradicional. Os africanos descobriram que essas novas religiões provenientes do exterior continham muitos aspectos das crenças fundamentais (Ser Supremo, culto aos mortos/antepassados, espíritos etc.) e dos valores (centralidade da pessoa, importância da comunidade, a caridade e o perdão) de sua própria experiência religiosa. Mas nem todos os convertidos interpretam dessa forma, e utilizam a crença para busca do poder político.
A violência entre grupos religiosos na República Centro-Africana atingiu recentemente um novo extremo, com relatos de canibalismo na capital do país, Bangui. Aí está ocorrendo intensa violência entre milícias cristãs e muçulmanas. O país de maioria cristã era governado por um presidente muçulmano que se elegeu com ajuda de milícias muçulmanas. Ele prometeu desmantelar as gangues que o ajudaram, mas não conseguiu. Em reação, cristãos montaram milícias próprias, e o país se afundou em um conflito religioso armado. (1)
Atualmente, cerca de 80% dos conflitos armados que existem por todo mundo são decorrentes de questões religiosas. Em todo mundo estamos vendo o desenrolar de guerras e mais guerras em nome de algo que eles chamam de “fé”. Mas entenda a palavra “fé” que eles usam como: ambição, fanatismo, incredulidade, loucura ou falta da verdadeira FÉ!
Atentados suicidas têm matado muitas pessoas em Bagdad. Durante o regime de Saddam Hussein, os sunitas dominavam os aparelhos do Estado e das Forças Armadas, e os xiitas eram reprimidos. Quando o regime caiu, os xiitas assumiram o poder e o país entrou em colapso, num estado de quase guerra civil, com grupos armados sunitas e xiitas guerreando entre si.
A França foi o país que mais contribuiu para o aumento dos índices de intolerância religiosa na Europa, não só por causa das proibições em vigor contra vestuário religioso em espaços públicos, mas também devido ao assassinato, em 2012, de um rabino e de três crianças judias. Com o aumento da diversidade religiosa no Brasil, verifica-se um crescimento da intolerância religiosa, tendo sido criado até mesmo o Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa [21 de janeiro], por meio da Lei nº 11.635, de 27 de dezembro de 2007. Vários países ao redor do mundo incluíram cláusulas nas suas constituições proibindo expressamente a promoção ou prática de certos atos de intolerância religiosa ou de favorecimento religioso dentro das suas fronteiras.
A intolerância religiosa aumentou de modo geral durante o ano de 2012 em todos os continentes, exceto nas Américas. Temos a convicção de que, por trás dos novos fanatismos religiosos – católicos, evangélicos, espíritas, muçulmanos etc. – está o pendor místico do religioso que leva a uma cristalização da fé, desembocando numa falsa doutrina das virtudes. A base dos fanatismos é o medo – medo da liberdade, medo da vida, medo da cultura; medo, medo, medo, enfim, medo do mundo, que é encarado de um modo suspeito e hostil.
A Doutrina Espírita nos faz entender quem somos efetivamente, quem realmente é o ser humano em sua vocação e circunstância, visão que possibilita, por sua vez, a compreensão e a vivência de uma vida social moralmente correta a partir da qual podemos julgar com retidão se determinadas atitudes e ideias propostas por grupos religiosos e/ou políticos correspondem àquilo que o próprio Criador espera de nós.
Deus nos quer abertos para a realidade, para a beleza das coisas criadas, para a ventura transcendente da liberdade humana de buscar esse ou aquele caminho para Deus, e não acabrunhados pelo medo e, em última análise, cegos pelo fanatismo. Talvez com aquela cegueira suprema, apontada por Jesus Cristo: “Se fôsseis cegos, não teríeis pecado; mas como agora dizeis: Vemos; por isso o vosso pecado permanece". (2)
Oremos pelo mundo!


Jorge Hessen
http://aluznamente.com.br

Referencias:
(1) Disponível em http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2014/01/140113_canibal_car_dg.shtml acesso 29/05/2014
(2)João 9:39-41

Nossa gratidão a Jorge Hessen por suas sempre lúcidas ponderações. Deus o abençoe.

sexta-feira, maio 30, 2014

quarta-feira, maio 28, 2014

Luz e sombras dentro de nós...


OBSESSÃO E RECIPROCIDADE (Jorge Hessen)
http://aluznamente.com.br

A obsessão corresponde a certa influência perniciosa na mente. Etimologicamente o termo tem sua origem no vocábulo obsessione, palavra latina que significa impertinência, perseguição.

sábado, maio 24, 2014

Que caminho seguir ?

É melhor ser alegre que ser triste...

Ser alegre, sorrir, estar de bem com a vida é muito mais inteligente que se entregar ao mau humor, à tristeza e ao desânimo. E, "de quebra", é muito mais econômico ...

Silenciar...

Jesus disse que a boca fala do que está cheio o coração. Necessário, portanto, cuidar de nossas expressões verbais, pois nossas palavras produzem efeitos. Cabe-nos fazer com que elas se transformem em gotas balsâmicas nas "feridas" de nossos irmãos em humanidade... Que Deus nos ajude em nosso esforço de aprimoramento.

sexta-feira, maio 23, 2014

Alegria...

Decoração de refinado bom gosto...

Parentes difíceis ?


Aceite os parentes difíceis na base da generosidade e da compreensão, na certeza de que as Leis de Deus não nos enlaçam uns com os outros sem causa justa.
O parente-problema é sempre um teste com que se nos examina a evolução espiritual.
Muitas vezes a criatura complicada que se nos agrega à família, traz consigo as marcas de sofrimento ou deficiências que lhe foram impostas por nós mesmos em passadas reencarnações.
Não exija dos familiares diferentes de você um comportamento igual ao seu, porquanto cada um de nós se caracteriza pelas vantagens ou prejuízos que acumulamos na própria alma.
Não tente se descartar dos parentes difíceis com internações desnecessárias em casas de repouso, à custa de dinheiro, porque a desvinculação real virá nos processos da natureza, quando você houver alcançado a quitação dos próprios débitos ante a Vida Maior.
Nas provações e conflitos do lar terrestre, quase sempre, estamos pagando pelo sistema de prestações, certas dívidas contraídas por atacado.
Sinal Verde - Pelo Espírito André Luiz
Francisco Cândido Xavier
Nossa gratidão aos caros amigos de:
www. autoresespiritasclassicos.com

Necessidades reais...


Todos sabemos da necessidade de paz íntima - da paz que nos patrocine a segurança. Não desconhecemos que todos respiramos num oceano de ondas mentais, com o impositivo de ajustá-las em benefício próprio.
Vasto mar de vibrações permutadas, emitimos forças e rece-bemo-las. O pensamento vive na base desse inevitável sistema de trocas. Queiramos ou não, afetamos os outros e os outros nos afetam, pelo mecanismo das idéias criadas por nós mesmos. Daí o imperativo de compreensão, simpatia, aprovação e apoio de que todos carecemos, para que a tranqüilidade nos sustente o equilíbrio a fim de que possamos viver proveitosamente. (Emmanuel)

Sinal Verde - Pelo Espírito André Luiz
Francisco Cândido Xavier
Nossa gratidão aos caros amigos de
www. autoresespiritasclassicos.com

quinta-feira, maio 22, 2014

Purple night

O céu, ontem à noite, tinha esses belos tons púrpura. Isso não é muito comum...

Ordem...

As grandes Causas

Antipatias "gratuitas"


"Fulano(a) nunca me fez nada, mas não vou com a cara dele(a)"
Até que não é raro isso acontecer, não é? As tais "antipatias gratuitas"...
E se a leitura for alterada para "não sei o que fiz contra fulano(a) para eu não ir com a cara dele(a)". Hein? Como assim, por exemplo?
Calma, calma, calma...
"Fulano(a)" pode muito bem ser - e frequentemente é - alguém a quem causei muito prejuízo e sofrimento e que agora se apresenta como credor exigente.

Quem recebe de braços abertos e com transportes de gratidão um credor exigente que atire a primeira pedra...

Boas maneiras em casa...


No Recinto Doméstico
Bondade no campo doméstico é a caridade começando de casa.
Nunca fale aos gritos, abusando da intimidade com os entes queridos.
Utilize os pertences caseiros sem barulho, poupando o lar a desequilíbrio e perturbação.
Aprenda a servir-se, tanto quanto possível, de modo a não agravar as preocupações da família.
Colabore na solução do problema que surja, sem alterar-se na queixa.
A sós ou em grupo, tome a sua refeição sem alarme.
Converse edificando a harmonia. É sempre possível achar a porta do entendimento mútuo, quando nos dispomos a ceder, de nós mesmos, em pequeninas demonstrações de renúncia a pontos de vista.
Quantas vezes um problema aparentemente insolúvel pede tão somente uma palavra calmante para ser resolvido?
Abstenha-se de comentar assuntos escandalosos ou inconvenientes.
Em matéria de doenças, fale o estritamente necessário.
Procure algum detalhe caseiro para louvar o trabalho e o carinho daqueles que lhe compartilham a existência.
Não se aproveite da conversação para entretecer apontamentos de crítica ou censura, seja a quem seja.
Se você tem pressa de sair, atenda ao seu regime de urgência com serenidade e respeito, sem estragar a tranqüilidade dos outros.

Sinal Verde - Pelo Espírito André Luiz
Francisco Cândido Xavier
Nossa gratidão aos amigos de:
www. autoresespiritasclassicos.com

Sinais de trânsito...moral



O Anjo Mudo
Este novo livro de André Luiz é um manual de trânsito moral. Se no trânsito material das ruas e das estradas o sinal verde tem hora certa de acender-se, no trânsito moral do espírito se pode permanecer sempre certo. Não dependemos, em nosso íntimo, de um sinaleiro exterior, mas da nossa própria vontade. E o sinaleiro da vontade não é manobrado por um guarda, mas por um anjo mudo.

Os críticos do Espiritismo, entre eles alguns espíritas, censuram o livre trânsito das mensagens mediúnicas, sustentando que devíamos acender o farol vermelho para o excesso de mensagens moralizantes. A moral é um freio e por isso mesmo sempre incomodou os que gostam de viver à solta. Mas o freio da moral funciona nos recessos da consciência e uma consciência sem freios é pior que um furacão.
André Luiz é uma permanente resposta a esses críticos. Seus livros não são moralizantes num sentido vulgar, superficial. Suas páginas revelam as engrenagens ocultas da verdadeira moral e nos ensinam a utilizá-las. Em “Sinal Verde” temos uma prova disso. Quem ler este livro com atenção, pesando cada uma de suas frases, meditando cada uma de suas mensagens, verá que estamos diante de um verdadeiro técnico do trânsito moral. Ele não prega, ensina. Não faz sermões, adverte. E sua linguagem é concisa e direta como as flechas do trânsito.
Num de seus muitos ensinos deste livro, encontramos a frase: A humildade é um anjo mudo. E de todo o livro se depreende que é esse anjo o guarda de trânsito de nossas relações no lar, na rua, na oficina ou no escritório, no campo ou no laboratório. É ele, o anjo mudo da humildade, quem mantém sempre aberto o sinal verde da felicidade em nossa passagem pelas ruas e estradas da Terra.

Nesta hora de subversão de todos os valores do espírito e da cultura, quando os guardas de trânsito são obrigados a manter aceso por toda parte o sinal vermelho, André Luiz nos ensina a conservar aberto o sinal verde da esperança e da confiança em Deus, sob as asas protetoras do anjo mudo da humildade.

Silenciemos o mal em nós mesmos e a voz do bem se fará ouvir em toda a Terra.

Pelo Espírito André Luiz
Francisco Cândido Xavier
Nossa gratidão aos caros irmãos de
www. autoresespiritasclassicos.com

quarta-feira, maio 21, 2014

Paz...

"A minha paz vos dou"
Jesus

Divino dom da palavra...


Nos Domínios da Voz

Observe como vai indo a sua voz, porque a voz é dos instrumentos mais importantes na vida de cada um. A voz de cada pessoa está carregada pelo magnetismo dos seus próprios sentimentos.
Fale em tonalidade não tão alta que assuste e nem tão baixa que crie dificuldade a quem ouça.
Sempre aconselhável repetir com paciência o que já foi dito para o interlocutor, quando necessário, sem alterar o tom de voz, entendendo-se que nem todas as pessoas trazem audição impecável.
A quem não disponha de facilidades para ouvir, nunca dizer frases como estas: "Você está surdo?", "Você quer que eu grite?", "Quantas vezes quer você que eu fale?" ou "Já cansei de repetir isso".
A voz descontrolada pela cólera, no fundo, é uma agressão e a agressão jamais convence. Converse com serenidade e respeito, colocando-se no lugar da pessoa que ouve, e educará suas manifestações verbais com mais segurança e proveito.
Em qualquer telefonema, recorde que no outro lado do fio está alguém que precisa de sua calma, a fim de manter a própria tranqüilidade.
Sinal Verde -Pelo Espírito André Luiz
Francisco Cândido Xavier
Nossa gratidão aos caros amigos de:
 www. autoresespiritasclassicos.com

Sorria sempre, mesmo se lágrimas molharem seu sorriso ... :)


Smile...  (Unforgettable Nat King Cole)


Saudações
Toda saudação deve basear-se em pensamentos de paz e alegria.Pense no seu contentamento quando alguém lhe endereça palavras de afeto e simpatia, e faça o mesmo para com os outros.Mobilize o capital do sorriso e observará que semelhante investimento lhe trará precioso rendimento de colaboração e felicidade.Uma frase de bondade e compreensão opera prodígios na construção do êxito.Auxilie aos familiares com a sua palavra de entendimento e esperança.Se você tem qualquer mágoa remanescendo da véspera, comece o dia, à maneira do Sol: - esquecendo a sombra e brilhando de novo.
Sinal Verde - Pelo Espírito André Luiz - Francisco Cândido Xavier
Nossa gratidão aos amigos de: www. autoresespiritasclassicos.com

Comércio é muito mais que mero "ganha-pão"...



Comércio e Intercâmbio

O Comércio é também uma escola de fraternidade. Realmente, carecemos da atenção do vendedor, mas o vendedor espera de nós a mesma atitude.
Diante de balconistas fatigados ou irritadiços, reflitamos nas provações que, indubitavelmente, os constrange nas retaguardas da família ou do lar, sem negar-lhes consideração e carinho.
A pessoa que se revela mal-humorada, em seus contatos públicos, provavelmente carrega um fardo pesado de inquietação e doença.
Abrir caminho, à força de encontrões, não é só deselegância, mas igualmente lastimável descortesia.
Dar passagem aos outros, em primeiro lugar, seja no elevador ou no coletivo, é uma forma de expressar entendimento e bondade humana.
Aprender a pedir um favor aos que trabalham em repartições, armazéns, lojas ou bares, é obrigação.
Evitar anedotário chulo ou depreciativo, reconhecendo-se que as palavras criam imagens e as imagens patrocinam ações.
Zombaria ou irritação complicam situações sem resolver os problemas.
Quando se sinta no dever de reclamar, não faça de seu verbo instrumento de agressão.
O erro ou o engano dos outros talvez fossem nossos se estivéssemos nas circunstâncias dos outros.
Afabilidade é caridade no trato pessoal.


Sinal Verde - Pelo Espírito André Luiz
Francisco Cândido Xavier
Nossa gratidão aos amigos de:
 www. autoresespiritasclassicos.com

Ter um Bom Dia todos os dias????? ? Como??????


Ao Levantar-se


Agradeça a Deus a bênção da vida, pela manhã. Se você não tem o hábito de orar, formule pensamentos de serenidade e otimismo, por alguns momentos, antes de retomar as próprias atividades.
Levante-se com calma.
Se deve acordar alguém, use bondade e gentileza, reconhecendo que gritaria ou brincadeiras de mau gosto não auxiliam em tempo algum.
Guarde para com tudo e para com todos a disposição de cooperar para o bem.
Antes de sair para a execução de suas tarefas, lembre-se de que é preciso abençoar a vida para que a vida nos abençoe.


Sinal Verde
Francisco Cândido Xavier
Pelo Espírito
André Luiz
Nossa gratidão aos caros amigos de
www. autoresespiritasclassicos.com