Google+

segunda-feira, fevereiro 17, 2014

Essa sim, é fera...

Alguns "perrengues" são, no mínimo, muito engraçados. Em termos de linguagem "web" a minha é na base do "gu-gu-da-da". Sério. Isso porém não me impede de fazer as coisas que quero fazer. Tipo criar um blog. Este aqui. Tudo muito bem, tudo muito bom, mas os amigos do Blogger (eu acho) começaram a enviar-me alertas e sugestões para eu reduzir o "html" das minhas postagens, compactar minhas imagens, corrigir algumas coisas no "código fonte" etecétera e tal. Sou mais fluente em javanês arcaico do que em informatiquês. Comecei minha "peregrinação" em busca de informação; Cada link em que eu clicava me direcionava para outro link e daí para outro e assim por diante. Fala sério, quem é que precisa de tutorial para andar em círculos?Cheguei a baixar ferramentas que "compactavam" as imagens mas não consegui entender nadica de nada... Não desisto por qualquer "me-dá-cá-essa-palha". Um belo dia estava eu editando umas fotos no Photoshop ( CS6 original, galera!!!) e "descobri" no menu "Arquivo" um tal de "salvar para web" que nocauteou o problema da compactação das imagens. Faltava a a redução do "html". Na página de postagens do blog tem aquele lance de html, não tem? Pois é... Comecei a estudar a "esquisitice" da linguagem e decidi fazer uma experiência, na base da "tentativa e erro", tipo ... vai que, né?. E não é que deu certo?
Fiquei quase super contente pois o AdSense não conseguia rastrear meu blog (eu tinha feito qualquer "coisa" que bloqueou minha página para as ferramentas de pesquisa "honestas". Ahã.. Devia, por conseguinte, criar um url de acesso para os rastreadores do AdSense. Consegui? Não. Necas. Nada. Ocorreu-me então a "genial" ideia de alterar o nome e o url do meu blog. A advertência era clara, claríssima: "A alteração do url de seu blog pode influenciar negativamente os COMENTÁRIOS". Minhas postagens embora as modestíssimas visualizações - a maior quantidade foi de 2000 visualizações em um dia, o que já me trazia um enorme contentamento - jamais registraram qualquer comentário. Creio que meu raciocínio foi correto ao avaliar que nenhum prejuízo teria já que, não tendo qualquer comentário, nada tinha a perder. Quê? A tal advertência é o maior "caô"... !!! Minhas visualizações despencaram para algo em torno de 1 a 2% das visualizações que eu tinha antes de consertar a lambança. Meu faturamento no AdSense? Creio que uns dezoito centavos de dólar em dois mêses. Lamborghini, me aguarde. rsrsrsrsrsrsrs