Google+

quarta-feira, dezembro 25, 2013

Hora do chá...

O chá de jasmim era de longe o meu favorito, talvez por ser o mais perfeito acompanhamento para a comida chinesa - que eu adorava.
Até que vi uma reportagem sobre o cultivo e minha atenção voltou-se principalmente para os métodos de colheita do jasmim.
Os pequeninos botões da flor, para que não perdessem as qualidades que o tornam tão especialmente delicioso, deviam ser colhidos antes do nascer do sol e enquanto ainda estivessem orvalhadas. E como o melhor chá era obtido a partir dos botõezinhos mais tenros - e muito frágeis – a colheita era feita por crianças que, por terem as mãos pequenas e ainda sem as calosidades comuns nas mãos dos lavradores adultos, não machucariam os botões. Muitas daquelas crianças desenvolviam doenças pulmonares graves e não eram poucas as que jamais chegariam à idade adulta.
Nunca mais bebi chá de jasmim. Como poderia?